Referencias Bibliográficas importantes ao Paço de Lanheses

---
"Solares Portugueses", de Carlos de Azevedo, Livros Horizonte, 1963 ( ou 2.ª edição 1898).

"Casas com Tradição em Portugal", de Jorge Pereira de Sampaio, Estar, Lisboa, 1998.

"Nova Carta Chorografica de Portugal", de Marquês de Ávila e Bolama, composto e impresso na Imprensa Lucas, Lisboa, 1914, pág. 436-439.

"a Caminho de Santiago", de Lourenço J. de Almada, Lello Editores, Porto, Jan. 2000, pág. 117-118.

"Casas Senhoriais Portugueses, I Viagem de Estudo do IBI", de Francisco de Azeredo, Setembro de 1978, pág. 73.

"Casas Senhoriais Portugueses, Roteiro Viagem de Estudo do IBI", de Francisco de Azeredo, Setembro de 1986, pág. 55.

Viana de Outros Tempos e Sua Gente Através da Memória de Porto Pedroso, Arquivo do Alto Minho, volume IV da 2.ª Série (XIV) Tomo I, Viana do Castelo, 1965, pág. 38-43

---

Mais uma Alma que segue para o Céu

Sexta-feira soubemos, com muita tristeza, que às 11h da manhã tinha falecido o nosso tio “Zé Amorim” (José Amorim Ferreira c.c. tia “Queta”, Maria Henriqueta Vaz de Almada Amorim Ferreira, irmã do nosso querido pai.)
Essa notícia deixa-nos com uma imensa saudade também pela sua carismática figura, de uma rectidão a toda a prova, de uma dureza não áspera de difícil quebrar e de uma invulgar inteligência, e por fazer todos os esforços ao seu alcance por manter a “família Almada” unida e ter trabalhado incansavelmente em prol desta.
Nós, sobrinhos, vamos igualmente recordá-lo por um “divertido” episódio que aconteceu num dos nossos vários encontros festivos na Quinta dos Lagares d´El-Rey, em Lisboa, que se tem mantido na Casa Almada desde o séc. XV. Em que, “maliciosamente”, assistimos em silêncio este tio a servir-se por engano de maionese, julgando serem natas batidas, cobrir o seu prato de morangos e a comer tudo, sem sequer “pestanejar” uma vez que fosse, mantendo até ao fim uma postura de grande dignidade.
Deus guarde em paz a sua alma.

Crachá do Facebook

partilhar

Seguidores

BlogCatalog